Tartarugas Marinhas de Cabo Verde
Plataforma de divulgação do trabalho em defesa das Tartarugas Marinhas em Cabo Verde
13 Outubro 2010

Aproveitamos para lançar um apelo à população Mindelense para estarem atentes, principalmente a noite (entre às 18 horas e 8 horas de manhã), a partir do dia 15 de Outubro 2010, data prevista para eclosão do ninho na Laginha. No caso de serem observados filhotes dentro da rede do ninho por favor contactar: Policia nacional – 132; Capitania dos Portos – 232 44 92; Nelson Lopes – 9768161.

 

Recordamos que o ninho foi encontrado no dia 1 de Setembro na praia do Norte de Baía, abaixo da linha da maré e corria risco de ser inundado. No mesmo dia foi transladado para a praia da Laginha. Contém 88 ovos.

  • O período de incubação dos ovos de Tartaruga é, em media, de 50-60 dias;
  • Com eclosões observadas com um mínimo de 45 dias;
  • Geralmente as fêmeas desovam entre o por do sol e o amanhecer. Os filhotes também nascem, entre o por do sol e o amanhecer;
  • Sendo estes animais seres aquáticos lhes é conveniente sair das praias em horas nocturnas para se protegerem do sol e de possiveis predadores.

Contamos com Todos

Juntos podemos fazer melhor...

publicado por INDP às 10:05
Espero que corra tudo bem!

Força a todos!
Trêza a 13 de Outubro de 2010 às 12:44
Newsletter

Introduza o seu endereço de e-mail:

pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Olá :)Este blog tem andado muito "sossegado", faz ...
Belíssimo este trabalho. Parabéns!
é sempre bom proteger as espécies em vias de extin...
Nossa, seria um sonho ver essas iniciativas explod...
Bem interessante, aqui no Rio de Janeiro nós també...
Que lega ver a tecnologia em função do meio ambien...
Posts mais comentados
blogs SAPO
Projecto:

Financiadores:
Patrocinadores:

Apoios:

Municípios:

Associações comunitárias:
  • Associação Comunitária Nova Experiência Marítima da Cruzinha da Garça
  • Escuteiros de Ponta de Pão, São Vicente
  • Espaço Jovem de São Vicente

  • Projecto ESPERANÇA em São Nicolau:

- COMUNIDADE DO CARRIÇAL
- COMUNIDADE DE PREGUIÇA